Uma história de sucesso

As mais doces lembranças do sabor da fazenda, da sobremesa da vovó, de uma época em que se cozinhava com açúcar e com afeto fazem parte da nossa história, nas bananinhas, nas compotas, geleias e outras delicias do Tachão de Ubatuba.

Desde 1977, quando abrimos, até hoje, muita coisa mudou, menos o nosso propósito de fabricar doces caseiros, feitos com ingredientes naturais. Do modesto quinta onde passávamos horas mexendo o doce em um tachão à atual fábrica, são décadas de tradição, mais de 100 funcionários, duas lojas, distribuidores no Brasil inteiro e receitas irresistíveis.

0

Anos de existência

0

Funcionários

0

Tipos de doces fabricados

Sabor & Tradição

Há 27 anos, na cidade de Ubatuba, litoral norte paulista, Célia Parodi e sua filha Marília Parodi fundaram a fábrica de doces Tachão de Ubatuba. O nome Tachão vem da palavra tacho, nome dado a um tipo de panela utilizado para cozinhar o doce.
No início de suas atividades a fábrica funcionava num tímido quintal, ali se produziam as mais deliciosas bananinhas, compotas e geleias usando somente frutas selecionadas e açúcar cristal com o propósito de fabricar doces caseiros a partir de ingredientes  naturais oferecendo produtos saborosos e de qualidade inesquecíveis. As primeiras ferramentas utilizadas foram confeccionadas artesanalmente por Giovanni Parodi, um dos pioneiros da fábrica.

Hoje a marca Tachão de Ubatuba tonou-se um nome forte no segmento de doces caseiros, tendo como principal produto o doce de banana nas variações : Bananinha Original, Bananinha sem Açúcar e Bananinha coberta com Chocolate. Sua produção conta com mais de 40 funcionários e a comercialização é feita no varejo através de duas lojas de fábrica e seus distribuidores que atendem alguns estados como: São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Paraná, Pernambuco e Santa Catarina.

Toda essa estrutura está em constante evolução visando garantir sempre uma experiência surpreendente de sabor para aquele que é nossa principal razão de existir: O CONSUMIDOR.